O novo buffet: Adaptar e inovar para maior segurança

A hotelaria e a restauração continuam, de forma incessante, a reinventar-se! Depois das medidas de confinamento impostas pela pandemia de Covid-19, a Direção-Geral da Saúde divulgou uma série de novas regras para que restaurantes e hotéis possam reabrir, incluindo novidades sobre o serviço de buffet.

A fase de desconfinamento trouxe a necessidade de encontrar novas soluções para que os negócios voltem a erguer-se, promovendo o bem-estar e a segurança de todos. No âmbito das novas regras, surge o desaconselhamento da utilização de sistemas self-service, como o buffet, muito comum em praticamente todos os hotéis e alguns restaurantes. É agora necessário pensar em alternativas viáveis que permitam o funcionamento seguro destes locais.

 

Hotéis sem buffet. E agora?

A disseminação do buffet, como hoje o conhecemos, surgiu em 1946 quando Herb MacDonald decidiu operacionalizar, no Hotel Las Vegas, esta forma de servir. O sistema sofreu uma longa evolução até aos dias de hoje, em termos de apresentação e manutenção.

Os tempos que atravessamos desaconselham a sua utilização nos hotéis e restaurantes. No entanto, o sistema de buffet continua a ser, para muitas unidades hoteleiras, uma boa forma de captar a atenção de novos clientes. Por isso, é importante que se repensem todas as opções e se encontrem novas soluções para fazer frente à nova realidade.

 

Costa Verde é inovação!

A Costa Verde tem vindo a realizar, nos últimos anos, um esforço para o desenvolvimento de peças de porcelana que permitam aos hotéis e restaurantes operacionalizar o buffet evitando os tradicionais Chafing Dishes. Usados para manter a comida quente, estes utensílios, além de esteticamente pouco apelativos, promovem o contacto entre pessoas. O papel da Costa Verde é, precisamente, trazer uma nova vida ao sistema de buffet.

Se, por um lado, a marca apresenta incríveis peças de servir e oven to table na linha Duo, por outro, e atenta a novos conceitos, dispõe de linhas que permitem um serviço mais personalizado num buffet.

Com recurso a pequenas peças para dispor a comida em doses individuais, a Costa Verde consegue oferecer soluções seguras e higiénicas. Além disso, permite dessa forma uma apresentação mais cuidada.

 

Desfrute do seu buffet em segurança

A Costa Verde quer que possa oferecer aos seus clientes a opção de buffet em segurança, durante este período de pandemia e no futuro pós-pandemia. Para isso, pode contar com elegantes peças de linhas como a Isola, Eclipse, Opera, Universal e Saturno, que oferecem soluções alternativas de empratamento.

Criar e desenvolver peças de porcelana para fazer com que os seus clientes se sintam em casa está nos genes Costa Verde desde sempre. A marca está consciente do seu papel enquanto fabricante de referência mundial para os setores da hotelaria e restauração, assumindo-se com uma marca profissional global.

 

Presente em mais de 50 geografias e parceira das mais exigentes operações de hotelaria e restauração, a Costa Verde tudo fará para que se sinta tão seguro como se estivesse em sua casa. Subscreva o blog Costa Verde e fique a par de todas as novidades, dicas e muito mais!

 


 

Subscreva o nosso blog!