Carrinho

Flores comestíveis na gastronomia

Empratamento com salmão, rabanetes e flores comestíveis num prato da coleção Coral

As flores comestíveis têm crescido muito em popularidade, tanto na gastronomia como no cake design, existindo imensas opções para explorar. 

Contudo, segundo nos contou Fábio Soares, proprietário da Terra D’Avó, empresa produtora de flores comestíveis, nem todas as flores são próprias para consumo humano, e mesmo dentro do grupo das que são, só devem ser utilizadas na culinária as que forem cultivadas com este fim, dado que alguns produtos utilizados ao longo do desenvolvimento das plantas ornamentais, como inseticidas e fungicidas, as tornam impróprias para ingestão humana. Por esse motivo é importante ter em conta o local onde se adquire estas flores, sendo ainda aconselhável optar por produtos biológicos. 

Conheça, de seguida, algumas das flores comestíveis mais utilizadas na gastronomia:

Amor-perfeito em empratamento na coleção Saturno Coupe
Amor-perfeito em empratamento na coleção Saturno Coupe

Amor-perfeito

O amor-perfeito é talvez a mais famosa flor comestível dada a sua disponibilidade em várias cores vivas que marcam a apresentação de qualquer prato, e a sua versatilidade, tendo um sabor muito suave, o que permite que possa ser integrado em quase todo o tipo de criações gastronómicas.

Exemplos de flores comestíveis: begónias

Begónias

De sabor ácido e um pouco amargo, estas flores, que marcam presença em tantas casas, são ideais para integrar em sobremesas ou acompanhar carnes gordas.

Exemplos de flores comestíveis: perpétuas

Perpétuas

Apesar de não terem um sabor intenso ou característico, as perpétuas, em especial as roxas, são muito apreciadas enquanto elemento decorativo. A sua infusão é uma forma natural de alívio das dores de garganta.

Planta do gelo

Planta do gelo

Provar a flor crocante da planta do gelo é como provar um pouco de mar: um sabor fresco, delicado e salgado que combina na perfeição com pratos de peixe ou bivalves.

Alyssium ou flor de mel

Alyssium ou flor de mel

Com raminhos que formam um pequeno bouquet, esta flor honra o seu nome com um doce sabor a mel.

Capuchinhas

Capuchinhas

As capuchinhas, nascidas espontaneamente nos campos, foram em tempos flores muito utilizadas em saladas, de um forte sabor picante, suavizado por um travo doce.

Exemplos de flores comestíveis: Flor de alho

Flor de Alho

Chamada pelos ingleses de society garlic, esta flor transporta toda a intensidade do sabor a alho nas suas pequenas pétalas lilases.

Folha de Ostra

Embora não seja uma flor, esta planta transporta para os pratos também um pouco do oceano, com um intenso sabor a ostra.

Flor de Manjericão

Roxa ou verde, a flor de manjericão presenteia-nos com o aroma desta erva aromática em formato de uma delicada haste de flores.

Flores de borragem em empratamento na coleção RAW
Flores de borragem em empratamento na coleção RAW

Borragem

De um lilás delicado que se torna azul quando a flor atinge o seu auge, a borragem tem um sabor fresco, semelhante a pepino.

Já conhecia ou provou alguma destas flores comestíveis? Partilhe com alguém que não as conheça!

Que coleção Costa Verde escolheria para um empratamento com flores?

Logótipo da Terra D’Avó - Flores comestíveis e Microvegetais

Terra D’Avó | Flores comestíveis e Microvegetais

A terra, na Gafanha de Aquém, em Ílhavo, é da avó, mas quem vigia o crescimento de flores comestíveis e microvegetais há já cinco anos é o neto, Fábio Soares, cuja paixão pelas aromáticas, bem como pela gastronomia, o levou a criar este negócio. 

Contudo, e pelas mãos de um chef amigo, a par com as experiências que a sua curiosidade insaciável o levou a fazer, foi com os microvegetais que o negócio começou a crescer, abraçando depois o desafio das flores comestíveis. Este crescimento levou a que passasse de uma estufa que tinha construído com o pai para uma maior, e com que abandonasse o curso de biologia na Universidade de Aveiro para se dedicar ainda mais a este projeto, conciliando-o com o seu emprego de sempre. 

De acordo com a filosofia de Fábio, a Natureza dá-nos tudo o que precisamos, por isso deste terreno saem apenas flores e microvegetais cultivados desde a semente e totalmente biológicos, contando com a ajuda de insetos benéficos, em larva ou estado adulto, como as joaninhas, que minimizam o impacto de pragas. 

Poderá conhecer melhor a Terra d’Avó através do 00351 914 346 979 ou das suas páginas de Facebook e Instagram.

 


Subscreva o nosso blog!

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email