Costa Verde: O Testemunho de José Carlos e Francelina Cruz

Na Costa Verde pretendemos, através do projeto MyCostaVerde, prestar homenagem a quem tanto nos deu. Com efeito, foram muitos aqueles que, ao longo da sua vida ativa, contribuíram para construir o presente. Aliás, é graças a eles que somos hoje uma empresa sólida e global, presente um pouco por todo o mundo.

Assim, com esta iniciativa, queremos dar a conhecer vivências e memórias de antigos colaboradores, que atualmente se encontram aposentados. Embarque connosco nesta viagem pelo tempo!

 

Costa Verde: Mais do que porcelana, pessoas!

As pessoas são, sem dúvida, um pilar estratégico das organizações e esse é precisamente o nosso entendimento. Somos uma empresa ainda jovem, com 27 anos, mas já com provas dadas e um longo caminho percorrido.

Através do projeto MyCostaVerde, queremos enaltecer todos os nossos colaboradores. Agradecer a todos os que, em cada dia, contribuíram ativamente para continuarmos esta caminhada de sucesso.

Hoje homenageamos um casal que nos acompanhou por muitos anos: estamos a falar de Francelina e José Carlos Cruz! Ambos começaram a trabalhar na fábrica em 2001, tendo-se reformado passados 8 anos. Hoje com 66 anos, recordam as suas vivências e trajetos profissionais.

 

José Carlos e Francelina Cruz – Um trajeto feito lado a lado

José Carlos exerceu de forma exemplar o cargo de responsável da secção de olaria. A esposa, Francelina, fez parte da sua equipa na área dos acabamentos.

Aposentados em 2009, José Carlos e Francelina falam da passagem pela empresa com bastante saudade e nostalgia. São bons exemplos de quem por cá passou e muito deu de si em cada dia.

Através do seu testemunho, quiseram deixar uma mensagem de incentivo a todos os que hoje aqui trabalham. “Se a empresa evoluir, eles também vão evoluir”, refere José Carlos. E acrescenta ainda: “Eu vejo a Costa Verde, em relação à altura em que cá estive, muito mais evoluída. Muito organizada, uma empresa que está no bom caminho! Com serviços, portanto, coisas novas, que vão dar-lhe um leque mais alargado para comercialização”.

Pronta para voltar à empresa em caso de necessidade e feliz por reencontrar colegas de longa data, Francelina confessa: “Se a Costa Verde precisasse dos meus serviços novamente, adoraria vir trabalhar. Gostei imenso, fiquei muito satisfeita e estou muito orgulhosa da fábrica que é”.

A antiga colaboradora manifesta igualmente a sua alegria por regressar. “Estou muito feliz por estar cá hoje, por ver a fábrica da maneira que está e encontrar-me com colegas antigos. Tenho todo o gosto de estar com eles”.

O marido partilha da sua opinião: “Eu viria com todo o gosto! (…) Deixei aqui algumas recordações. É uma ligação muito… Eu adorei estar aqui na Costa Verde”.

 

As organizações são isto mesmo! Partilha e união para caminharmos juntos e no mesmo sentido.  É por isso que afirmamos que a Costa Verde é muito mais do que porcelana! Ontem, hoje e amanhã, sempre consigo.

Para breve, prometemos mais novidades sobre o meritório projeto MyCostaVerde!

 


 

Subscreva o nosso blog!