Iniciativa Costa Verde Solidária apoia vítimas do ciclone Idai!

Desde cedo a Costa Verde assumiu como prioritário o respeito por valores éticos, ambientais e sociais. Um investimento permanente na valorização dos recursos humanos e no respeito pela comunidade envolvente valeram-lhe diversas certificações nessas áreas.

Nesta linha de atuação, foi criado em 2014 o projeto Costa Verde Solidária. O objetivo principal desta iniciativa é apoiar as famílias mais carenciadas do concelho de Vagos.

Todos os anos, em dezembro, é dinamizada uma ação de recolha de bens junto de colaboradores, parceiros e comunidade envolvente. Desta forma, tenta-se proporcionar um Natal mais feliz e confortável a quem mais precisa.

Com a colaboração de todos, produtos alimentares, vestuário, calçado e até eletrodomésticos são entregues anualmente a várias famílias da região.

 

Solidariedade além-fronteiras

A solidariedade é contagiosa, contagie e deixe-se contagiar! É este o lema da mais recente campanha Costa Verde Solidária, que caminha para a sua 6ª edição.

Este ano, a empresa não podia ficar indiferente à tragédia causada pelo ciclone Idai, que atingiu Moçambique. Unindo esforços com diversas entidades, decidiu levar a cabo uma “acção intermédia” para recolher e enviar apoio às vítimas. Nasceu assim a Idai – Missão Moçambique.

Numa entrevista concedida à rádio Vagos FM, Paulo Pinto Santos, diretor de Marketing da Costa Verde, apresentou as linhas gerais desta iniciativa. “Faz-nos muito bem fazer bem ao outro”, afirmou.

Num esforço conjunto, várias entidades uniram-se generosamente a esta missão. O NEVA, o jornal O Ponto, a rádio Vagos FM e a Câmara Municipal de Vagos são alguns exemplos. A iniciativa foi orientada pela Estímulo, uma ONGD que apoia diversas comunidades em Moçambique.

 

Missão Moçambique – Todos juntos por uma causa!

Dias após a passagem do ciclone Idai pela cidade moçambicana de Beira, 8 elementos de corporações de bombeiros portuguesas rumaram ao local. Entre eles encontra-se Nuno Fernandes, colaborador da Costa Verde e um dos dinamizadores da Missão Moçambique.

O voluntariado é um sonho que acompanha desde criança este profissional de olaria, que trabalha na empresa há 20 anos. Foi na qualidade de bombeiro voluntário que se deslocou a Moçambique. Passou 10 dias no terreno, com outros voluntários, tendo vivido situações fortes e memoráveis.

Nuno Fernandes partilhou neste vídeo toda a sua experiência: o que viu e o que sentiu naquela primeira missão. Foi com emoção que descreveu um dos momentos mais marcantes a que assistiu: “Uma criança receber um lápis e fazer uma festa enorme, como se tivesse recebido uma PlayStation”.

Num relato emocionado, o colaborador destacou o apoio da família e da própria empresa, que em tudo o ajudaram na sua participação nas ações de ajuda humanitária. “A Costa Verde foi uma peça fundamental na minha ida a Moçambique, tanto pelo valor monetário que disponibilizou como pela minha dispensa para a missão”, explicou.

Porque se trata de uma ação conjunta, os restantes colaboradores deixaram-se contagiar. Foram muitos os que arregaçaram as mangas e participaram ativamente na recolha de bens levada a cabo pela Costa Verde. Todos os produtos angariados em empresas e superfícies comerciais do concelho de Vagos serão entregues diretamente em Moçambique, por equipas de voluntários. A nova missão decorrerá entre 31 de maio e 15 de junho.

 

Costa Verde – Uma empresa com valores

A Costa Verde assume-se globalmente como uma empresa de pessoas para pessoas. Manifesta uma preocupação permanente com o cliente, em termos de manutenção dos níveis de qualidade dos produtos.

Em cada lançamento de novas linhas de porcelana, procura responder e antecipar necessidades reais dos utilizadores. Mas também em termos humanos e sociais, a vertente solidária da empresa tem vindo a crescer e a fortalecer-se.

O que começou por ser uma iniciativa local chega hoje a outro continente, graças a um esforço conjunto. A Costa Verde continuará a fazer tudo para contagiar o público com este espírito de solidariedade e ajudar quem precisa.

 


 

Subscreva o nosso blog!