Costa Verde: Uma fábrica moderna e distintiva!

A Costa Verde dispõe, provavelmente, da melhor unidade fabril de porcelana em todo o mundo. Isso mesmo é constatado pelas várias pessoas e entidades nacionais e internacionais que a visitam.

A empresa iniciou atividade em 1992 e, desde a sua génese, apostou fortemente em equipamento moderno, senão mesmo de vanguarda. Tal deveu-se, talvez, ao facto de ter sido uma das últimas unidades a ser construída no espaço da União Europeia.

 

Costa Verde: Maquinaria premium e uma patente registada

A administração da Costa Verde tem um profundo conhecimento do mercado e dos recursos da indústria da porcelana. Por isso, desde cedo tomou a opção estratégica de dispor de instalações e maquinaria de qualidade. Assim, os equipamentos são maioritariamente, senão na sua totalidade, de origem alemã.

Mas o trabalho dos administradores, mandatados pelo corpo acionista, não ficou por aqui. Ao longo de quase 27 anos, a Costa Verde conseguiu atualizar-se. Soube, por vezes, parar e estudar melhores formas de trabalhar, procurando sempre ser eficaz e eficiente.

Reflexo desta procura incessante por novos métodos e formas de trabalho é a conhecida máquina FRHM – Full Ready Handle Machine. Trata-se de um projeto da autoria da Costa Verde e único no mundo. A patente foi já adquirida pela SAMA, referência no setor da porcelana a nível internacional.

A reconhecida marca de máquinas alemã pretende, assim, desenvolver e propagar esta nova tecnologia, que vem revolucionar o fabrico de asas, encurtando tempos e melhorando a qualidade. Em suma, uma excelente ferramenta que aumenta a eficiência.

 

A filosofia que visa gerar mais valor e menos desperdício

Quando se refere a Costa Verde como uma unidade fabril moderna e distintiva, é necessário recordar que esse trabalho passa fortemente pelos colaboradores. Sem estes a empresa não existiria. As pessoas e o equipamento são os pilares estruturantes de qualquer indústria.

Desde 2007, o Lean Management é uma realidade na Costa Verde. Serve, aliás, como estrutura basilar do modus operandi, extremamente importante no dia-a-dia da organização.

Para os menos conhecedores, esta é uma filosofia de gestão empresarial que pretende criar valor nas empresas reduzindo o desperdício. Para a aplicar, é necessário alterar mentalidades e quebrar paradigmas relativos à forma como as atividades são geridas.

Este trabalho foi implementado e dinamizado em parceria com o Kaizen Institute. A abordagem permitiu à Costa Verde a maximização dos seus recursos e a melhoria da produtividade. Consequentemente, minimizaram-se os desperdícios, custos e tempos, visando sempre a promoção de ações que, na realidade, acrescentaram valor para o cliente.

Ficou curioso em relação a esta maneira de ser e estar? A Costa Verde está de portas abertas para lhe mostrar aquela que é, provavelmente, a melhor unidade fabril de porcelana em todo o mundo. Visite as suas instalações, em Vagos!

 


 

Subscreva o nosso blog!